Jejum Intermitente! 12h 14h 16h e por aí vai…qual é o mais indicado

Jejum Intermitente! 12h 14h 16h e por aí vai…qual é o mais indicado

Um dos maiores mitos da história da medicina é a história da necessidade de comer muitas refeições pequenas ao longo do dia. Estudos mostram que comer de 3 em 3 horas é um mito e não há vantagem em comer refeições pequenas com mais frequência.

Então é possível otimizar a perda de gordura comendo menos refeições? Sim, e o jejum intermitente pode ser uma estratégia útil. Entenda como isso é natural e pode ser feito por qualquer pessoa desde que seja acompanhada por um médico ou profissional de saúde apto. Pacientes diabéticos devem ter muito cuidado antes de iniciar qualquer modificação em sua dieta!

Jejum Intermitente! 12h 14h 16h e por aí vai…qual é o mais indicado

Como Quebrar O Jejum Intermitente? O Que Comer Depois Do Jejum?

O que comer para quebrar o Jejum intermitente? É muito importante comer os alimentos certos para sair do jejum. Neste vídeo e passo algumas dicas importantes sobre o jejum. Aperte o play do vídeo.

Fonte:DR. JULIANO PIMENTEL

Saiba mais…

O jejum intermitente é um tipo de jejum “programado”. Como o nome sugere, ele não é constante e duradouro, pelo contrário, normalmente acontece em intervalos de tempos pré-estabelecidos. Ou seja, apresenta períodos de jejum intercalados com períodos onde há ingestão alimentar.

Devido a essas características, diversas são as formas de se planejar um jejum intermitente. Ele pode ser praticado todos os dias, dia sim/dia não, a cada 3 dias, 1 vez por semana etc. Pode durar 12 horas, 16 horas, 24 horas etc.

Em relação à frequência, os protocolos mais comuns envolvem o jejum intermitente diário ou a cada 2 dias (dia sim/dia não). No que diz respeito à quantidade de horas de cada jejum, normalmente não se ultrapassa 24 horas seguidas (1 dia completo).

Um exemplo muito comum, na prática, é o jejum intermitente diário de 12 horas. Nele, o indivíduo realiza a última refeição do dia anterior, dorme por aproximadamente 8 horas e, depois, fica mais 4 horas sem se alimentar pelo período da manhã. Ou seja, equivale a basicamente realizar o jantar à noite e só comer novamente no almoço do dia seguinte, pulando o café da manhã e qualquer outra refeição que o indivíduo realiza antes do almoço. Esse é um protocolo bastante utilizado porque já aproveita as 8 horas de sono e também porque uma boa parcela das pessoas não sente muita fome pela manhã.

Nos estudos que avaliam o efeito do jejum intermitente, os protocolos são variáveis, mas talvez o mais comum seja o jejum alternado em dia sim/dia não. No dia de jejum, ocorre a ingestão de até 25% das necessidades energéticas diárias durante um período de 24h. No dia seguinte, sem jejum, o consumo alimentar é irrestrito.

Fonte do texto saiba mais: cienciadanutricao

3 thoughts on “Jejum Intermitente! 12h 14h 16h e por aí vai…qual é o mais indicado

  1. Bete says:

    Amei vc foi enviado por Deus, são raro médicos se preocupar com a população mais pobres, vc é um anjo, está me ajudando muito estou fora do peso com baixa estima, e tenho muito medo de fazer a cirúrgica bariátrica, vendo seu vídeos e lendo seus artigos, já estou mudando meus hábitos Deus abençoe ricamente sua vida.

  2. Sandra says:

    Maravilha! Estou super amando este JI, faço todos os dias de 14 horas ou 16 horas. E ainda treino de manhã. Não sinto absolutamente nada de mau estar. Ao contrário meu desempenho fica até melhor e p completar estou perdendo peso e sinto até que meu condicionamento melhorou. Obrigada doutor!!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: