Treino ao Ar Livre – Disposição junto a natureza

Veja cinco razões pelas quais é mais benéfico treinar ao ar livre.

 

 

1. Melhores resultados

As pessoas sentem-se mais motivadas e rendem mais quando treinam ao ar livre. E de facto é mais divertido e agradável treinar ao ar livre porque existe a possibilidade de realizar jogos e exercícios diferentes daqueles que costuma fazer no ginásio. Além disto, a probabilidade das pessoas continuarem a fazer exercício físico ao ar livre no longo prazo é maior do que quando treinam nos ginásios. Segundo a minha experiência estes resultados aumentam 20-30% quando as pessoas treinam em grupo!

2. Aumento da vitamina D

Grande parte da população mundial é deficiente em vitamina D e a cada dia que passa mais vamos percebendo a sua importância na melhoria da nossa saúde e na prevenção de várias doenças. Tendo em conta que baixos níveis de vitamina D estão associados a: baixa imunidade, aumento do risco de vários tipos de cancro (e a aumentar), aumento do risco de doenças cardíacas, distúrbios neurológicos e psicológicos (incluindo depressão), diabetes, hipertensão, acidente vascular cerebral, perda de tecido ósseo, perda de massa e força muscular; e que a melhor maneira de sintetizar vitamina D é através da exposição solar, treinar ao ar livre é uma excelente opção para aumentar os níveis desta poderosa vitamina e melhorar a composição corporal. Quem é que não gosta de ficar bronzeado?

3. Variedade no treino

Treinar ao ar livre permite incorporar um maior número de atividades e treinar uma série de movimentos que normalmente não se fazem nos ginásios devido às limitações de espaço (por exemplo treinar técnicas de corrida, mudanças de direcção, lançamentos, realizar jogos/estafetas, circuitos de coordenação/agilidade, etc.). Este tipo de treino vai ajudá-lo a melhorar as suas competências de movimento básicas, trabalhar o seu corpo em diferentes planos de movimento (quando está nas máquinas dos ginásios este tipo de percepção sensorial não existe – a sua amplitude de movimento está limitada!) e melhorar a funcionalidade para as atividades diárias da sua vida.

4. Respirar ar puro

Hoje em dia, devido ao estilo de vida que levamos, passamos demasiado tempo em espaços cobertos e não respiramos o ar puro (oxigénio) que deveríamos. Pense bem na sua atividade diária desde que começa o dia. Dormimos dentro de casa, comemos no centro comercial, conduzimos dentro do carro (a não ser que seja daqueles sortudos que tem um descapotável), trabalhamos todo o dia no escritório, fazemos exercício no ginásio e depois voltamos para casa para relaxar e repetir o mesmo no dia seguinte. Chegamos a um ponto em que treinar ao ar livre e respirar ar puro é mais uma necessidade que uma opção. O nosso corpo e a nossa mente não foram desenhados para passar tanto tempo em espaços fechados!

5. Maior atenção e concentração

O facto de treinar num ambiente natural e em espaços verdes aumenta os níveis de atenção e concentração. Um estudo efetuado com jovens entre os 7 e 12 anos, demonstrou que um passeio de 20 minutos num parque natural, tem um efeito significativo nos seus níveis de atenção e concentração. Agora, um passeio não é mesma coisa que um treino (este último tem muitos mais benefícios que vão para além do objetivo deste artigo) mas a questão principal é esta: quem é não se sente melhor depois de fazer exercício físico ao ar livre?

Fonte Site: Lifestyle Sapo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: