Como Tratar O Inchaço E A Retenção De Líquido?

Como Tratar O Inchaço E A Retenção De Líquido?

A retenção de líquido ocorre quando o excesso de fluidos se acumula no seu corpo.

É também conhecido como edema e ocorre no sistema circulatório ou dentro de tecidos e cavidades. Pode causar inchaço nas mãos, pés, tornozelos e pernas.

Existem várias razões pelas quais isso acontece, muitas das quais não são graves.

Algumas mulheres experimentam retenção de água durante a gravidez ou antes de seu período menstrual.

As pessoas sedentárias ou fisicamente inativas, que passam longos períodos sentadas, também podem ser afetados.

No entanto, a retenção de líquido também pode ser um sintoma de uma condição médica grave, como doença renal ou insuficiência cardíaca. Se você está tendo retenção de água repentina ou grave, procure atendimento médico imediatamente.

Mas nos casos em que o inchaço é leve e não há nenhuma condição de saúde subjacente, você pode ser capaz de reduzir a retenção de líquidos com alguns truques simples.

Não deixe de ler e compartilhar.

O Que É Retenção De Líquido?

A retenção de líquido é o nome popular que descreve o inchaço no corpo ou em partes dele.

É comum as pessoas sentirem que estão “retendo líquidos”. As pernas inchadas no final do dia, com marcas de pressão das meias ou dos sapatos, são um exemplo de edema ou retenção de líquido.

O problema é causado pelo acúmulo anormal de líquidos dentro dos tecidos do organismo, sendo mais frequente em mulheres durante a menstruação ou a gravidez.

Geralmente a retenção de líquido acontece no rosto, pernas e costas, provocando o inchaço da região afetada e também a diminuição da quantidade de urina (1).

Se você sofre com sintomas de retenção de líquido deve procurar um médico clínico geral para fazer exames e identificar a causa do problema.

Causas Da Retenção De Líquido

Nosso corpo é inteligente e existem mecanismos muito sofisticados para manter o equilíbrio dos líquidos no corpo. Pouco mais de dois terços dele é composto por água.

Entretanto, todos os fluidos corporais, inclusive o sangue, são compartimentalizados de acordo com sua função.

Desequilíbrios nesses mecanismos, tais como variações de pressão sanguínea regional, quantidade de proteínas no sangue, quantidade de sais disponíveis no corpo, sedentarismo, entre outros fatores, podem favorecer a retenção de líquido.

Outras causas possíveis são:

  •         Aumento da ingestão de sal;
  •         Sedentarismo
  •         Sobrepeso e Obesidade;
  •         Tabagismo;
  •         Alimentação inadequada;
  •         Bebidas alcóolicas;
  •         Períodos de grande variação hormonal;
  •         Problemas renais, cardíacos ou hepáticos;
  •         Doenças da tireoide;
  •    Remédios, como alguns anti-hipertensivos, que podem alterar a permeabilidade dos vasos sanguíneos;
  •         Reações inflamatórias, como as que ocorrem em reações alérgicas, que alteram a capacidade dos vasos de manter-se competentes contra o extravasamento líquido.

Na maioria das vezes, porém, os pequenos inchaços têm causa local, como a circulação regional insuficiente.

Sintomas Da Retenção De Líquido

As pessoas costumam notar os sinais do edema em regiões mais suscetíveis ao acúmulo de líquidos. Isso ocorre nas pernas, nas costas de pessoas que ficam deitadas por muito tempo ou em regiões mais propensas à ação da força da gravidade.

A retenção de líquido provoca inchaço além de aumentar o peso e a pressão arterial.

Vejas quais são os sintomas mãos comuns da retenção de água no organismo:

>> Inchaço e esticamento da pele que ganha um aspecto brilhante;

>> Quando a área inchada é pressionada, é possível observar uma covinha que se forma por alguns minutos;

>> Muitas vezes aparece a celulite na parte de trás das coxas;

>> Dificuldades para respirar;

>> Abdômen inchado;

>> Inchaço no rosto, se formam bolsas sob os olhos;

>> Mãos e dedos inchados;

>> Raramente existe um acúmulo de fluido nos braços;

>> Ganho de peso.

Esses são os principais sintomas que indicam o edema.

Tratamentos Para A Retenção De Líquido

agua
Beber Água Ajuda A Tratar A Retenção De Líquido

O diagnóstico da retenção de líquido baseia-se na avaliação médica do quadro clínico.

Pode ser necessário também pedir alguns exames de sangue que dosam a quantidade de sais e proteínas, assim como uma avaliação cardíaca, hepática, renal, imunológica e tireoidiana. Às vezes, é preciso realizar exames para avaliar as veias e artérias próximas ao local mais afetado pelo inchaço.

Para cada tipo de inchaço deve haver uma causa, que requer um tratamento específico.

No entanto, algumas atitudes simples podem ajudar a reduzir a retenção de líquido:

  •         Beber cerca de 2 litros de água por dia, para facilitar o funcionamento dos rins;
  •         Fazer exercício físico regular, de pelo menos 30 minutos por dia;
  •         Evitar ficar muito tempo de pé, sentado ou com as pernas cruzadas;
  •         Elevar as pernas no final do dia.

Também é possível melhorar os sintomas da retenção de líquidos fazendo mudanças na sua alimentação.

  1. Coma menos sal

O sal é feito de sódio e cloreto.

O sódio liga-se à água no corpo e ajuda a manter o equilíbrio dos fluidos dentro e fora das células.

Se você costuma comer refeições ricas em sal, como muitos alimentos processados, seu corpo pode reter água. Estes alimentos são realmente a maior fonte dietética de sódio.

Vários estudos descobriram que o aumento da ingestão de sódio leva a uma maior retenção de fluidos dentro do corpo (2, 3, 4).

  1. Coma mais magnésio

O magnésio é um mineral muito importante.

Na verdade, ele está envolvido em mais de 300 reações enzimáticas que mantêm o nosso corpo funcionando.

Além disso, aumentar sua ingestão de magnésio pode ajudar a reduzir a retenção de água.

Um estudo descobriu que ingerir 200 mg de magnésio por dia reduziu a retenção de água em mulheres com sintomas pré-menstruais (5, 6, 7).

Boas fontes de magnésio incluem nozes, chocolate amargo e vegetais verdes.

  1. Coma mais vitamina B6

Vitamina B6 é um grupo de várias vitaminas relacionadas.

Eles são importantes para a formação de glóbulos vermelhos, e também servem para muitas outras funções do corpo. Inclusive ajudam a reduzir a retenção de água em mulheres com síndrome pré-menstrual (8).

Alimentos ricos em vitamina B6 incluem bananas, nozes e carne.

  1. Coma mais potássio

O potássio é um mineral que serve para várias funções importantes do organismo.

Por exemplo, ele ajuda a enviar os sinais elétricos que mantêm o corpo funcionando. Também pode beneficiar a saúde do coração (9).

O potássio parece ajudar a reduzir a retenção de água de duas maneiras, diminuindo os níveis de sódio e aumentando a produção de urina (10).

Bananas, abacates e tomates são exemplos de alimentos são ricos em potássio.

5. Evite carboidratos refinados

Comer carboidratos refinados leva a picos rápidos nos níveis de açúcar no sangue e insulina.

Altos níveis de insulina levam o corpo a reter mais sódio ao aumentar a reabsorção de sódio nos rins (11, 12).

Isso leva a um volume maior de líquido retido no corpo.

Exemplos de carboidratos refinados incluem açúcares processados e grãos, como açúcar branco e farinha.

Seguir essas dicas pode ajudar a melhorar os sintomas de retenção de água. Os sucos detox também podem ajudar a aumentar sua ingestão de nutrientes e água.

Porém, se os sintomas persistirem, procure o seu médico para que ele indique o melhor tratamento a ser seguido.

Abraços e fique com Deus!

Fonte do artigo e do vídeo: Dr. Juliano Pimentel.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: