Chocolate Amargo Faz Bem À Saúde?

Uma das paixões do brasileiro é o chocolate. Seja ele em coberturas, em forma de doce ou tablete, é sempre um agrado ao paladar. Mas é preciso cuidado. O consumo excessivo causa problemas e danos à saúde.

O chocolate amargo é a forma mais saudável desse produto e, além disso, gera alguns benefícios para o funcionamento do organismo. Assim, é possível consumir quantidades moderadas sem culpa.

Cerca de US$ 75 bilhões são gastos anualmente em todo o mundo com o consumo de chocolate (1). Os amantes do chocolate se alegram quando os benefícios dos antioxidantes encontrados no fruto são falados, mas é importante perceber que nem todo o chocolate é igual.

No geral, o chocolate amargo normalmente contém entre 70% a 99% de cacau puro ou sólidos de cacau. Devido ao maior teor de cacau, chocolate escuro tem um sabor muito mais rico do que o chocolate ao leite. Quanto maior a porcentagem de cacau, mais rico é o sabor (1).

Ao procurar um lanche doce, o chocolate amargo pode ser a sua escolha mais saudável.

Neste artigo, irei apresentar alguns dos benefícios do chocolate amargo para a saúde.

Não deixe de ler e compartilhar.

 

Benefícios Do Chocolate Amargo

O recomendado é comprar e comer pequenas quantidades de chocolate amargo minimamente processado com um teor de cacau de pelo menos 70%. Este tipo de chocolate contém os antioxidantes mais poderosos e a menor quantidade de açúcar. Evite chocolates ao leite e muito açucarados.

Confira os principais benefícios do chocolate amargo para a saúde:

1- Protege o organismo

O chocolate amargo possui capacidade de combater os radicais livres. Estes, por sua vez, são compostos desequilibrados criados por processos celulares no corpo, especialmente aqueles que lutam contra as toxinas ambientais que estamos expostos em uma base diária. Antioxidantes são os compostos utilizados para neutralizar os radicais livres e proteger o corpo de seus danos.

O chocolate amargo tem alto teor de antioxidantes. No alimento há predominação de dois grupos de antioxidantes: flavonóides e polifenóis. Portanto, quanto maior a porcentagem de cacau no chocolate, mais antioxidante você consumirá (2).

 

  1. Previne o câncer

O chocolate amargo também pode ajudar na prevenção do câncer. De acordo com o Instituto Americano de Câncer, devido o rico fornecimento de flavonóides no chocolate, há estudos para comprovar a prevenção da doença.

Os estudos sobre a prevenção do câncer ainda estão surgindo. Uma revisão recente de pesquisas sobre as propriedades cancerígenas de proteção do cacau concluiu que as evidências são limitadas, mas sugestivas.

Estudos mais rigorosos devem ser realizados sobre o papel protetor do chocolate amargo sobre o câncer, visto que o produto fornece fortes efeitos antioxidantes em combinação com uma experiência prazerosa (3).

 

  1. Melhora a saúde do coração
Slices of black bitter chocolate
O Chocolate Amargo Pode Melhorar A Saúde Do Coração

Flavonols são o principal tipo de flavonóide encontrado no chocolate amargo.

Pesquisas mostram que os flavonols têm um efeito muito positivo sobre a saúde do coração, ajudando a baixar a pressão arterial e melhorar o fluxo sanguíneo para o coração, bem como o cérebro. Chocolates amargos, ricos em flavonols também podem ajudar no funcionamento das plaquetas de sangue, o que reduz o risco de coágulos de sangue e acidente vascular cerebral (4).

Outro estudo publicado em 2015 seguiu a saúde de mais de 20.000 pessoas durante 11 anos. O relatório concluiu que a maior ingestão de chocolate amargo está associada a um menor risco de futuros eventos cardiovasculares (5).

 

  1. Melhora o Colesterol

A manteiga de cacau que se encontra no chocolate escuro contém quantidades de ácido oleico (uma gordura monoinsaturada saudável para o coração também encontrada no azeite).

Um estudo publicado no Southern Medical Journal analisou os efeitos do chocolate escuro em 28 voluntários saudáveis. Os pesquisadores descobriram que apenas uma semana de consumo de chocolate amargo melhorou perfis lipídicos e diminuição da reatividade plaquetária, tanto para homens e mulheres, reduzindo a inflamação (6).

Além disso, os polifenóis de cacau do chocolate amargo podem estar envolvidos no controle do colesterol. O consumo de três semanas de chocolate amargo rico em polifenóis aumentou o HDL (bom) colesterol. Já o consumo de 15 dias resultou em quedas de colesterol total e LDL (“ruim”) de 6,5% e 7,5%, respectivamente.

 

  1. Melhora a função cognitiva

O chocolate amargo é importante para impulsionar o foco e a memória.

Pesquisas demonstraram que a ingestão de cacau rico em flavonol está associada ao aumento do fluxo sanguíneo para a substância cinzenta cerebral e tem sido sugerido que os flavonóides de cacau podem ser benéficos em condições com fluxo sanguíneo cerebral reduzido, incluindo demência e acidente vascular cerebral (7).

 

  1. Melhora a pressão arterial

Há diversos estudos analisando o poder do chocolate amargo sob a pressão arterial. Um relatório publicado em 2015 comparou o consumo de chocolate branco com o chocolate amargo, rico em polifenóis. Os indivíduos consumiram 25 gramas de chocolate amargo ou branco durante oito semanas.

Os pesquisadores descobriram que o chocolate amargo pode diminuir a pressão arterial dos diabéticos hipertensos, e também diminuiu o açúcar no sangue em jejum (8).

 

É importante salientar que todos os benefícios citados acima não dão licença para o consumo de uma barra de chocolates diariamente. É preciso moderação e atenção ao escolher o produto. Mas um pedaço de chocolate amargo pode sim fazer parte da sua alimentação de verdade.

Abraços e fique com Deus!

FONTE DO ARTIGO: Dr. Juliano Pimentel.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: